Logo

Tacho sobre a mesa

“TASA está a trazer uma nova vida ao artesanato, valorizando-o e tornando-o mais contemporâneo. No processo juntam-se gerações, a dos jovens desigers na casa dos 20-30 anos e a dos dezassete artesãos, quase todos sexagenários e septuagenários, que aceitaram o desafio de fazer algo novo”.

“É o caso deste tarro alentejano , aqui feito Tarrina”.

 

Revista Evasões, Diário de Notícias

Texto: Cláudia Carvalho

Projeto TASA – Técnicas Ancestrais Soluções Atuais
  • PROMOTOR:
    CCDR
  • GESTÃO DO PROJETO:
    ProActive Tur
  • APOIOS:
    Algarve 21